segunda-feira, fevereiro 28, 2005

limpeza étnica

aqui não é kosovo, nem ruanda, muito menos auschwitz. ou será que não ?!
desde janeiro, cinco crianças morreram de desnutrição na região do município de dourados, no mato grosso do sul. todas as vítimas não tinham peso e altura compatíveis com suas idades. todos os mortos eram índios.
no brasil, a mortalidade infantil e a desnutrição são maiores entre crianças indígenas. as cidades avançam e os índios perdem seu modo de vida baseado na caça, pesca e agricultura de subsistência. já não conseguem alimentos para todos.
o estado não sabe o que fazer com esses índios "semicivilizados", os quais mesmo falando português e assimilando um pouco da cultura das cidades, ainda vivem em aldeias afastadas, hoje verdadeiras "favelocas". seria preciso muita coragem e investimento para permitir que esses índios sustentassem dignamente sua cultura e terras.
não há vontade política e moral para isso, esses índios vão continuar morrendo. alguns de fome, outros de cirrose, outros tantos de desilusão, abandonando completamente sua cultura. lentamente e silenciosamente também se pode fazer genocídios.