quinta-feira, março 24, 2005

coisa velha

escrevi em 1998. guardo tudo que escrevo, às vezes olho e penso a respeito. será que piorei?! ou foi o país todo?!

FHC, O DENTISTA LOUCO

dentadura


FHC (Ficando Henrique Cariado), Presidente da República dos Desdentados do Brasil, é um dentista louco. Ele gosta de arrancar os dentes de seus clientes e depois cobrar uma fortuna para pôr uma dentadura.
Ele é formado em odontologia na melhor universidade latino-americana do 3o. Mundo da América do Sul, a USP (Universidade de São Pedro), além disso tem diversos cursos em várias partes do mundo, escreveu vários livros, e defendeu várias teses para ajudar os desdentados.
Em 64 lutou contra os militares que implantaram a dentadura no país. Ele gritava em manifestações nas ruas “Abaixo a dentadura”. Depois ele teve de procurar exílio em outros países latinos onde escreveu a “Teoria da Dentição” que revolucionou as classes de dentistas latinos.
Depois de retornar do ostracismo ele funda uma associação, o PSDB (Protéticos Somem com os Dentes Brasileiros) que tem idéias inovadoras para estabelecer uma maior saúde dental para os desdentados.
Mais tarde os desdentados escolhem um alagoano para Presidente da República dos Desdentados do Brasil, Collorido, que fica maluco e tem a idéia de collorir todos os dentes que sobraram dos brasileiros, com a ajuda de seu testa de ferro PC (Pessoa Corrupta). O presidente Collorido foi pego com a mão na poupança dos desdentados e acabou sendo expulso do país, hoje ele faz programas humorísticos onde soca mesas e grita sem nenhum motivo, e PC (Pessoa Corrupta) foi vítima de um crime passional de queima de arquivo. A policia alagoana prendeu o autor do crime, um revólver calibre 38 que pegará 30 anos de cadeia, podendo sair em 5 se tiver bom comportamento.
Depois disso assume o vice de Collorido, Itamar Francamente, que chama para cuidar da economia dos desdentados FHC (Ficando Henrique Cariado). Foi nesse momento que FHC (Ficando Henrique Cariado), contaminado por germes neoliberais, inventou o REAL, uma obturação revolucionária, que tinha como meta acabar com o Dragão das Cáries.
Assim FHC (Ficando Henrique Cariado), com o sucesso do REAL, se lança numa campanha a presidência com uma aliança com o PFL (Protéticos Fazem Liberalismo), que defende os dentes perfeitos para a elite e dentaduras para os demais. FHC (Ficando Henrique Cariado) consegue se eleger e começa uma nova era em sua vida, onde nega todas suas idéias passadas e passa a usar as dentaduras como símbolo de seu governo. Agora o grito está de novo nas ruas: “Abaixo a dentadura”.