quarta-feira, março 02, 2005

war is money

piada velha, porém ainda atual


quando a situação econômica mundial fica estagnada, parada, é preciso fazer alguma coisa. as grandes empresas, the big ones, querem lucrar mais. é preciso simular um pouco de crescimento. mas o que fazer? simples. as grandes empresas fazem acordos com os governos para começar uma guerra com alguém. a desculpa é: "um governo tirano (diferente do nosso e mais pobre) que está ameaçando a democracia e deve ser detido". as grandes empresas entram com as armas e a tecnologia de guerra, que são altamente caras, compradas com o dinheiro dos impostos. os governos entram com a ladainha do patriotismo falso para começar a guerra. mas quem vai ser enviado para lutar? no mundo existe um grande número de jovens que vagam pelas ruas sem nada o que fazer, causando conflitos com a polícia e danificando propriedades privadas. esses jovens não tem perspectiva de arranjar um emprego. o mais óbvio então é mandá-los morrer nas guerras. essa mão de obra é muito grande e acessível, é só ensinar um moleque a atirar e mandá-lo para guerra. ele vai morrer rapidinho mas é só mandar outro no seu lugar. depois de tudo terminado dividi-se o lucro da guerra entre as grandes empresas e os governos, e constrói-se mais um monumento ao soldado desconhecido.