sábado, abril 02, 2005

diclofenaco

no estado de são paulo existe uma fábrica de medicamentos chamada furp – fundação para o remédio popular, a qual fornece os mesmos de graça nos postos de saúde.
estou com uma forte dor no pé direito, principalmente nos dedos, que vem desde de janeiro. odeio tomar remédios, por isso estava esperando passar.
finalmente, resolvi ir no posto de saúde, enfrentei uma fila pequena, só uma hora. fui atendido por um clínico geral, a consulta demorou menos de cinco minutos, ele nem se levantou da cadeira. apenas pediu um raio-x do meu pé e receitou um bendito antiinflamatório, o diclofenaco.
a furp não fornece bulas para seus remédios, já que eles são entregues gratuitamente para a população. na quarta-feira comecei a tomar o antiinflamatório, sempre com leite, e hoje de madrugada acordei com enjôos e de manhã diarréia. agora estou com dores pelo corpo.
pesquisei e descobri o site da furp e lá o “memento terapêutico” do querido diclofenaco. veja algumas das reações que ele pode causar:

“Os principais efeitos adversos são distúrbios gastrintestinais, como dor epigástrica, náuseas, diarréia
ou cólica abdominal, obstipação, indigestão; ocorrem também cefaléia leve a moderada e edema.
Menos freqüentes são diarréia sanguinolenta, hematêmese, melena, flatulência, angina pectoris, arritmias
cardíacas. Houve casos isolados de retocolite ulcerativa, doença de Crohn, glossite e estomatite
aftosa.”

viva a saúde pública brasileira!!!

2 Comments:

At 1:16 AM, Anonymous Fabiano / Bauru / SP said...

Vai ver a empresa pediu uma ajuda aos cubanos... he he he.
Melhoras!
Abraço

 
At 9:26 PM, Anonymous Demetrios Agronopoulos said...

O diclofenaco, nada mais é do que um "psothros eufobético" que além do que já se sabe à respeito, transforma qualquer coisa em não-sei-o-que.
Depois dizem que a Aspirina é um sub-produto dos musculos deltóide e triceps, atuando de formas a tornar o esqueleto mais exocêntrico.

 

Postar um comentário

<< Home